Resultado de imagem para x-men blue paradox

Acho que todo mundo já conhece bem a equipe dos x-menzinhos, cujas estórias vem sido desenvolvidas na revista X-Men Blue. Deve ser sabido de todos que acompanham suas desventuras que depois de terem tentado retornar ao seu tempo inúmeras ocasiões, eles só conseguiram este feito recentemente e para a surpresa deles, eles se viram no passado, como se nada tivesse ocorrido. Ou seja, eles estavam lá, sem estarem lá (é o paradoxo do gato morto-vivo de schrödinger). E isso deu um nó monstruoso neles e nos leitores. Os personagens concluíram que tinham criado uma linha de tempo alternativa, sendo elas anomalias cronais.

Recentemente, foi explicado o ocorrido. Na verdade, o que os mutantes mirins viram não foram versões de si mesmos, mas outro grupo de viajantes do tempo, a futura Fraternidade – Charles Xavier II, Raze, Beast, Zorn, Bruiser, Ice Thing e Old Man Deadpool – que viajaram para o passado e se disfarçaram como X-Men originais, em uma tentativa de reescrever a história.  O filho de Charles Xavier (que é um tremendo de um sacana) percebeu (aí não sei como) que existia uma vacância temporal no período em que os x-menzinhos foram tragados pelo Hank MacCoy para o presente e resolveu se aproveitar disso, levando consigo ao passado toda a sua Irmandade Mutante, assumindo assim as vidas dos jovens mutantes.

Os jovens mutantes descobrirão a verdade e terão que combater a Fraternidade para evitar o colapso da linha do tempo.

Chega de spoiler por hoje. Leiam  X-Men Blue #20 e esperem o que virá.